Facebook, WhatsApp e Instagram estão dominando o mundo

O Facebook atingiu, pela segunda vez, a marca de um bilhão de usuários acessando a rede social em um único dia. Assim, se existem sete bilhões de seres humanos no planeta, cerca de uma em cada sete pessoas checa o Facebook a cada dia.

Mark Zuckerberg anunciou essa façanha ontem, junto aos resultados trimestrais de outros apps da empresa – como WhatsApp e Instagram.

O Facebook pode ser a maior rede social do momento, com 1,55 bilhão de usuários, mas o WhatsApp não fica para trás. O app de conversas em texto e áudio já tem 900 milhões de pessoas por mês utilizando seus recursos.

Com 200 milhões de usuários a menos do que o WhatsApp, o Messenger atinge 700 milhões de indivíduos por mês. Nos últimos meses, o Facebook anunciou algumas mudanças no aplicativo que podem ter colaborado para esse número.

Uma delas é a aceitação de usuários que não possuem uma conta no Facebook. Agora, o usuário precisa apenas cadastrar o nome e o número do telefone – um recurso que já era conhecido pelas pessoas que usavam o WhatsApp.

Outra alteração feita no app foi a permissão de envio de mensagens mesmo que o outro usuário não tenha um número de celular e não seja seu amigo no Facebook. Com essa atualização, o indivíduo é notificado quando recebe uma mensagem.

Adquirido pelo Facebook em setembro de 2012, o Instagram já é acessado mensalmente por 400 milhões de pessoas em todo o mundo. Além disso, mais de 80 milhões de fotos são compartilhadas diariamente no serviço.

Além desses dados, Zuckerberg também anunciou que o Internet.org, a plataforma que leva conexão à internet a locais que ainda não estão conectados, já é acessada por mais de 15 milhões de pessoas em 19 países.

Acesso pelo smartphone

De acordo com David Wehner, diretor financeiro da rede social, 1,4 bilhão de usuários utilizam seus smartphones para acessar o Facebook cada mês – sendo que um bilhão dessas pessoas usa o sistema Android.

“O mobile continua a impulsionar o nosso crescimento”, disse Wehner durante uma reunião com investidores, relata a Wired.

Desse modo, a publicidade em dispositivos móveis torna-se cada vez mais importante para o Facebook. No último trimestre, a publicidade móvel respondeu por mais de três quartos da receita de publicidade da rede social, segundo o relatório da empresa.

Popularização dos vídeos

Os vídeos no Facebook são cada vez mais visualizados pelos usuários da rede social. Pelo menos é o que mostra o relatório trimestral da empresa. Segundo Zuckerberg, os vídeos no Facebook têm mais de oito bilhões de visualizações diárias.

Esse número é o dobro do que a média de contagem anunciada pela companhia em abril desse ano – e oito vezes a quantidade de vídeos vistos diariamente na plataforma em setembro de 2014.

Vale ressaltar que o Facebook não conta a visualização de vídeos da mesma maneira que seu maior concorrente, o YouTube. Na plataforma do Google, uma visualização é contada após a reprodução de 30 segundos de conteúdo. Já no Facebook é preciso apenas três segundos para que a visualização seja validada.

Além disso, os vídeos são reproduzidos automaticamente no Facebook. Isso significa que, se o usuário passar por um vídeo na linha do tempo e ficar três segundos (sem nem mesmo ver o conteúdo) parado, o algoritmo da rede social irá contar como uma visualização.

Fonte: Exame

Deixe um Comentário